Arquivo de ‘Provérbios’

A beleza é enganosa e passageira, mas a mulher que teme o Senhor será elogiada. Provérbios 30.30,31 – 02/06/08 O capítulo 31 de Provérbios é um bom exemplo de que devemos ler a Bíblia extraindo conceitos e respeitando contextos. Quem decide lê-la de modo literal cometerá equívocos importantes. A mulher  [ Leia mais ]

Provérbios 30.7-9 25/05/08 Desde muito cedo que presto atenção nos últimos desejos das pessoas que estão chegando perto da morte. Servem-me de filtro. Geralmente, quando se sabe que vai morrer, valoriza-se a vida de um modo diferente. Sentimos saudades, arrependimentos, nos alegramos com boas recordações e temos certezas que antes  [ Leia mais ]

Quem insiste no erro depois de muita repreensão, será destruído. Provérbios 29.1. – 18/05/08 Viver é estar em constante posição de escolha, entre o bem o e o mal. Para existirmos nessa constante de decisões, fomos equipados com a capacidade de pressentir o perigo do erro. Do mesmo modo que  [ Leia mais ]

“Não se gabe do dia de amanhã, pois você não sabe o que aquele dia poderá trazer.” Provérbios 27.1 – 22/04/08 O Chico Buarque cantou que nós queremos “no destino mandar”, queremos “ter voz ativa”, plantar e “cultivar a roseira”, enfim que queremos tomar as rédeas da própria história, decidir,  [ Leia mais ]

“Se você encontrar mel, coma apenas o suficiente para que não fique enjoado e vomite… Comer mel demais não é bom, assim como não é bom buscara a própria honra… Quem está satisfeito, despreza o mel, mas para quem tem fome, até o amargo é doce.” Provérbios 26.16,27 e 27.7  [ Leia mais ]

Provérbios 26.1,13, 21,24,25,27 10/04/08 A tolice não combina com as situações importantes da vida, destoa das questões relevantes. As palavras e as ações do tolo estão sempre aquém do espírito do ambiente que o cerca. É como chuva fora de hora. O que é honrado não lhe cabe. A preguiça  [ Leia mais ]

Liberte os que estão são sendo levados para a morte; socorra os que estão caminhando trêmulos para a matança! Mesmo que você diga: “Não sabíamos o que estava acontecendo!” Provérbios 24.11 – 18/03/08 Quanto mais uma sociedade é marcada pela corrupção, menores são seus referenciais de justiça. Passamos a festejar  [ Leia mais ]

Não inveje os maus em seu coração. Provérbios 23.17 – 06/03/08 A inveja é um poderoso limitador de realizações, pois aqueles que fitam os outros desejando ser e ter o que são e têm, perdem tempo e energia que poderiam ser dedicados àquilo que é importante e necessário. Está em  [ Leia mais ]

Instrua a criança segundo os objetivos que você tem pra ela e mesmo com o passar dos anos não se desviará deles. … A insensatez está ligada ao coração da criança, mas a vara da disciplina a livrará dela. Provérbios 22.6, 15 – 21/02/08 Longe de ser uma autorização para  [ Leia mais ]

Quem vive contando casos, não guarda segredo; por isso, evite quem fala demais. Provérbios 20.19 – 14/02/08 Um ambiente é resultado direto das palavras. E nós somos afetados pelo ambiente ao mesmo tempo em que ajudamos a criá-lo. Trata-se de uma retroalimentação, um círculo que pode se tornar vicioso, mas  [ Leia mais ]